Pedro Sampaio – Fotógrafo de Casamentos em Gaia- Wedding Photographer – Elopment – Destination Wedding – Gaia – Portugal – Mundo

Casamento na Quinta Azenha de Baixo

Que casal tão brutal! Das pessoas mais puras, bem dispostas e de bem com a vida que já conheci!

Mas vamos contar a história de como chegamos ao dia desta história, ao dia do casamento.

Festa de Carnaval de 2010, an escola, a Catarina foi ter com o Daniel e trocaram contactos.

(nada de admirar para quem os conhece)

Mas isto do primeiro passo toca aos dois…

O primeiro beijo!

Pouco mais de uma semana depois, no final de um intervalo que passaram a conversar…

…o Daniel aproximou-se e … temos o primeiro beijo!

O início do namoro, subentendeu-se, foi a partir desse momento.

Um namoro lindo, muito vivido e muito bem encaminhado para um futuro a dois.

Claro que, manda a regra, o próximo passo seria o pedido de casamento.

E lá vei o pedido, quase 10 anos depois do início de namoro.

Foi no antigo Hotel Douro 41, hoje Octant Douro Hotels. , o mesmo que aproveitamos para fazer o Love the dress, poucos meses depois do casmento.

Voltado ao pedido de casamento, estamos apenas dois dias depois do S. João para algo grande.

O Daniel tinha preparado um cenário com velas, tochas e flores e para lá encaminhou a Catarina.

Ele pediu-lhe para ela apreciar a paisagem do lado do rio, mas preparado para o pedido.

Ela virou-se e lá estava ele, de joelho no chão, caixinha com o anel e o tão esperado “Queres casar comigo?”

Pedido aceite, restou desfrutar da paisagem, do hotel e, claro, contribuir para o mealheiro 😀

O que é o mealheiro? Só mesmo os casais que fotografo é que sabem 😀 😀 😀

E toda esta história leva-nos do ao dia do casamento, claro, não sem antes fazermos a sessão de solteiros.

O dia do casamento foi exactamente o que esperava, puros, soltos, livres e rodeados dos melhores.

Igreja das Antas, celebrado pelo excelente padre Antonino num bonito dia de Junho.

O local da festa foi a Quinta da Azenha de Baixo, com o grandioso Lázaro, boa escolha.

Muita festa, muita amizade, muita cumplicidade, nada que não fosse espectavel com estes dois meninos.

E que grande casal que ganhei como Amigos para a vida, foi mesmo um gosto enorme fazer o casamento deles.

Claro que a nossa relação de amizade não acaba aqui, ainda temos muitas coisas no caminho…

“Enjoy the journey”

Até já…